Reset da Password

Faça a Sua Reserva
Advanced Search
O resultado da sua pesquisa:
Novembro 2, 2018

Produtos Marca Açores registaram um crescimento de 22% em 2017

O vice-presidente do Governo Regional afirmou hoje que se registou um aumento de 22% nas vendas dos produtos Marca Açores em 2017, sendo o mérito das empresas.

Sérgio Ávila, que visitou hoje a segunda edição do Taste Azores, que decorre até domingo, na praça central do Centro Colombo, em Lisboa, referiu que os empresários “apostaram, qualificaram os seus produtos, conseguiram inovar e têm, neste momento, um enorme crescimento de vendas”.

O governante anunciou que o executivo regional dos Açores decidiu promover uma nova temporada da série Mundo Marca Açores, adiantando que serão emitidos mais 40 episódios que vão dar a conhecer os produtos e serviços de 40 empresas aderentes.

A série será disponibilizada através de estações de televisão nos Estados Unidos, Canadá e, através do canal SIC Internacional, para 14 países da Europa, abrangendo mais de 10 milhões de espetadores, para além da divulgação em plataformas digitais.

Sérgio Ávila, que está convicto que a edição deste ano vai superar a média diária de cerca de 70 mil visitantes, revelou, por outro lado, que na última semana, foram aprovados mais 40 milhões de euros de investimentos privados em sete das nove ilhas dos Açores.

Com a aprovação destes projetos, ainda segundo o governante, a região tem, neste momento, mais de 440 milhões de euros de investimento privado aprovado e que foi “apresentado nos últimos dois anos”.

O número dois do executivo açoriano referiu que 85% deste investimento corresponde a fomento da base económica de exportação, em que se incorporam os setores agroalimentares, do turismo e as áreas que permitem a produção de bens e serviços transacionáveis.

“Isto são valores sem paralelo, há um enorme crescimento do investimento privado, é sinal de confiança e irá, com certeza, quer com a sua concretização, quer depois com a sua produção, dar um enorme incremento no crescimento da nossa economia. O investimento privado é, neste momento, a principal alavanca de crescimento da nossa economia”, concluiu.

Fonte: SAPO24

Categoria: Turismo

Deixar um Feedback

O seu email não será publicado.